E-mail : info@veroma.com.br

Notícias

A Merck alemã, uma das dez maiores empresas farmacêuticas no mercado brasileiro, vai expandir suas capacidades produtivas existentes no Rio

De acordo com o gerente-geral do grupo no Brasil, Lawrence Ganti, os mercados emergentes puxaram o crescimento do grupo no ano passado. A América Latina teve posição de destaque e o Brasil é o principal mercado na região. Depois da inauguração do seu novo centro de distribuição, a Merck Brasil planeja fortalecer suas capacidades locais e abastecer outras regiões da América Latina. Para o ano de 2015, a previsão da Merck Brasil é o crescimento das vendas de 8%.

fonte
Sanofi comemora crescimento das suas vendas no mercado brasileiro em 2014

As vendas do Grupo Sanofi cresceram 4,9% mundialmente, equivalente a 33,77 bilhões no ano 2014. No Brasil, o crescimento do grupo foi de 34,8%, bastante acima da média. As vendas atingiram 1,38 bilhão.
A filial brasileira possui 5,3 mil funcionários, uma das maiores operações nos mercados emergentes, sendo a maior corporação farmacêutica do mercado nacional. Hoje a Sanofi no Brasil conta com três plantas industriais e uma capacidade instalada para produzir mais de 600 milhões de unidades anuais. Além de serem vendidos no mercado brasileiro, parte dos medicamentos produzidos são exportados para países asiáticos e para a maioria dos países latino-americanos.

fonte
De acordo com Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BIRD), o crescimento do PIB da Eslovênia no ano 2014 foi de 2,7%. A previsão dessa mesma instituição para o ano 2015 é de 1,6%.

Os fatores principais do crescimento esloveno foram a recuperação da demanda doméstica e os bons resultados da exportação de produtores nacionais. A exportação nacional cresceu, de acordo com o aumento de sua competividade, devido a menores custos trabalhistas. Espera-se que ambos os fatores mantenham o crescimento também em 2015.
A previsão do BIRD para a Eslovênia no ano 2015 é um crescimento de 1,6%. A diminuição do crescimento será o resultado a curto prazo da reestruturação da economia eslovena. O processo terá o impacto positivo no crescimento a médio e longo prazo. A Organização para a Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OCED) no ano de 2015 prevê o crescimento de 2,4%, Comissão Européia de 1,7% e o Fundo Monetário Internacional (FMI) de 1,75%.

fonte
Mercado farmacêutico no Brasil: Os genéricos crescem 10% no trimestre, superando setor farmacêutico

Com base nos dados do IMS Health, a indústria farmacêutica brasileira de genéricos aumentou a venda de produtos em 10,1% entre julho e setembro de 2014, em comparação ao mesmo período do ano passado (229,8 versus 208,6 milhões de unidades). No acumulado do ano, que engloba os nove primeiros meses, os fabricantes de genéricos comercializaram 645,9 milhões de unidades de medicamentos, frente aos 581,8 milhões de produtos vendidos em igual período de 2013. Para Telma Salles, presidente executiva da PróGenéricos, a estagnação da economia do país reduz o poder de compra do consumidor, mas o setor farmacêutico não é afetado devido à essencialidade de seus produtos

fonte